Mala de robô usar Inteligência Artificial para orientar viajantes com deficiência visual

A IBM Japão será responsável pela inteligência artificial do robô, em parceria com outras 4 empresas do Japão

Mala de robô usar Inteligência Artificial para orientar viajantes com deficiência visual
Foto: N21 – 10-03-2020

Um robô em forma de mala e que usa inteligência artificial, está sendo desenvolvido para guiar pessoas com deficiência visual em um projeto conjunto da IBM Japão e outros quatro parceiros.

Inspirado por uma proposta de Chieko Asakawa, uma colega da IBM no Japão que tem problemas de visão, o dispositivo proposto utilizará um sensor, câmera e bateria para detectar obstáculos e alertar seus usuários sobre sua existência através da sensação tátil.

“É impossível que pessoas com deficiência visual andem pela cidade sozinhas de maneira livre e segura”, disse Asakawa. “Eu quero tornar isso possível”. Asakawa teve a idéia do robô guia quando ela estava empurrando uma mala na frente dela durante uma viagem de negócios.

O robô também notificará os usuários se os amigos estiverem se aproximando ou se cafés e outras instalações estiverem localizadas nas proximidades, por meio de um sistema de áudio que serve como seus “olhos”. O robô guia estreará primeiro em aeroportos, complexos comerciais e outras instalações internas e será aprimorado ainda mais para uso externo e deverá ser comercializado dentro de três anos, até o ano fiscal de 2022.

Mala de robô usar Inteligência Artificial para orientar viajantes com deficiência visual 1
Chieko Asakawa demonstra o protótipo
Foto: Keiko Nannichi