Licenças para operar serviços 5G começam no Japão

O ministério está planejando expandir as frequências de ondas de rádio disponíveis para redes 5G locais em 2020, para que mais empresas possam usar as redes

Licenças para operar serviços 5G começam no Japão

O governo japonês começou a aceitar pedidos de licenças para operar serviços 5G locais – a próxima geração de redes de comunicações ultrarrápidas deve ser usada apenas em locais limitados, como fábricas e terras agrícolas.

Gigantes de telecomunicações como a NTT Docomo Inc iniciarão seus serviços 5G a partir da próxima primavera, oferecendo velocidades de transmissão de dados cerca de 100 vezes mais rápidas que as redes 4G atuais, mas espera-se que suas áreas de serviço cubram principalmente as grandes cidades.

Ao permitir que governos e empresas locais construam suas próprias redes em áreas rurais, onde a construção de estações base pelas principais operadoras de telecomunicações será adiada, o governo central espera que as empresas regionais comecem a utilizar rapidamente redes 5G.

Além dos serviços de telefonia móvel, as redes 5G locais podem ser utilizadas para operar remotamente máquinas, câmeras e drones em locais como terrenos agrícolas e fábricas. Por exemplo, os municípios devem usar os serviços 5G para monitorar o nível da água dos rios em tempo real.

N47 - 27-12-2019 - 5G