JR East testará aplicativo de alerta contra assédio em trens movimentados de Tóquio

A East Japan Railway Co. (JR East) está preparada para testar um aplicativo de smartphone projetado para notificar os condutores de trem sobre importunação sexual em uma linha na área metropolitana de Tóquio

JR East testará aplicativo de alerta contra assédio em trens movimentados de Tóquio

O aplicativo, que será testado nos trens da JR Saikyo Line, permite que os usuários que estão sendo apalpados no trem, na maioria mulheres, notifiquem o condutor tocando no botão “report” nas telas de seus smartphones. As informações, incluindo o número do vagão em que o usuário está andando e sua localização aproximada, serão exibidas no tablet do condutor.

O teste será realizado das 7 às 10 horas da manhã, em dias úteis de fevereiro a março. Os funcionários da JR East irão operar o aplicativo dentro do trem. O operador ferroviário espera evitar que mulheres sejam importunadas, fazendo anúncios no trem quando um condutor for notificado e usar o aplicativo para ajudar a facilitar a cooperação entre os maquinistas e os funcionários da estação, bem como com a polícia. Também é esperado que o aplicativo alivie o medo e a humilhação das vítimas quando elas denunciarem um caso de assédio.

A partir de junho, a empresa irá disponibilizar o aplicativo a cerca de 100 passageiras e fará testes, supondo que uma pessoa foi apalpada no trem. O condutor anunciará “houve um relato de assédio” e entrará em contato com a equipe da estação mais próxima.

O aplicativo também é equipado com uma função de som e um recurso de notificação para outros passageiros na área que instalaram o mesmo aplicativo. O operador do trem diz que a equipe irá verificar as imagens das câmeras de segurança dos vagões, se necessário.

N43 - 21-02-2020