Japão irá manter o Estado de Emergência em 10 províncias por enquanto

O governo tende a deixar em vigor o Estado de Emergência declarado em 10 prefeituras, pelo menos nesta semana, informou a mídia na quarta-feira, em vez de suspendê-lo em três províncias

Japão irá manter o Estado de Emergência em 10 províncias por enquanto

Vários meios de comunicação, incluindo a Fuji TV, relataram que a administração do primeiro-ministro Yoshihide Suga está nos estágios finais de tomar uma decisão sobre a manutenção da declaração do Estado de Emergência. Atualmente em vigor nas províncias de Tóquio, Kanagawa, Saitama, Chiba, Osaka, Hyogo, Kyoto, Gifu, Aichi e Fukuoka.

O governo central estava considerando remover três províncias – Aichi, Gifu e Fukuoka. Inicialmente, o governo estava otimista e se inclinou a favor do cancelamento antecipado da declaração, no entanto, seria uma aposta mais segura para Suga se proteger de mais críticas de sua abordagem para combater a crise de saúde, mantendo a emergência no local e, em seguida, tentando restaurar a economia.

Os funcionários do governo ainda estão preocupados com o fato de os hospitais estarem sobrecarregados de pacientes com COVID-19 e a situação precisar melhorar antes de suspender as emergências. Na segunda-feira, 50,5% dos leitos hospitalares disponíveis para COVID-19 estavam em uso em Aichi, enquanto o número era de 36,5% em Gifu e 69,4% em Fukuoka.