Japão está pronto para aprovar vacinas COVID-19, seguindo a Grã-Bretanha

A Grã-Bretanha é a primeira economia avançada a aprovar uma vacina para o novo coronavírus e é o encorajamento que o país precisava

Japão está pronto para aprovar vacinas COVID-19, seguindo a Grã-Bretanha

O governo japonês está pronto para aprovar as vacinas COVID-19, sugeriu um alto funcionário, após a notícia de que a Grã-Bretanha aprovou uma vacina desenvolvida em conjunto pela farmacêutica norte-americana Pfizer Inc. e a alemã BioNTech. “Se um pedido de aprovação (para uma vacina COVID-19) for apresentado (no Japão), nós o aprovaremos depois de confirmar a eficácia e segurança”, disse o Secretário-chefe de Gabinete, Katsunobu Kato, em entrevista coletiva. “Estamos esperando a ação dos desenvolvedores (de vacinas)”, disse o porta-voz do governo. “Manteremos contato com os fabricantes”.

O governo japonês fechou contratos com três farmacêuticos americanos e britânicos para garantir vacinas COVID-19 suficientes para 145 milhões de pessoas ou mais. Ele planeja permitir que profissionais de saúde e idosos sejam vacinados primeiro. Assim que os fabricantes solicitarem a aprovação de vacinas em potencial, o Ministério da Saúde deverá examinar e aprovar rapidamente os pedidos de importação urgente das vacinas.

A Grã-Bretanha é a primeira economia avançada a aprovar uma vacina para o novo coronavírus responsável pela doença respiratória COVID-19. A aprovação britânica é uma notícia encorajadora para o governo do Primeiro-ministro Yoshihide Suga, que está ansioso para reiniciar as viagens internacionais e realizar os adiados Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio no próximo verão.

O governo japonês pretende preparar as vacinas COVID-19, para que todos os cidadãos possam receber as vacinas até o final do primeiro semestre do ano que vem, antes dos Jogos de Tóquio, que devem começar em julho. Em recentes conferências internacionais, incluindo a cúpula do G-20, Suga expressou a determinação de seu governo em sediar os Jogos de Tóquio como um símbolo da vitória da humanidade sobre o coronavírus. Para isso, o uso prático generalizado de vacinas COVID-19 é crucial.

Veja também

Assine nossa newsletter