Japão considera a criação de painel sobre sucessão imperial

A Lei da Casa Imperial, promulgada em 1947 após o fim da Segunda Guerra Mundial, exige uma linha paterna de sucessão do imperador para o próximo homem elegível, mas a opinião pública quer mudanças

Japão considera a criação de painel sobre sucessão imperial
Desbravando o Japão

O Japão está considerando intensificar as discussões sobre maneiras de garantir uma sucessão imperial estável, estabelecendo um painel consultivo para solicitar opiniões de especialistas sobre o assunto, disseram fontes do governo e do partido no poder. O plano faz parte dos esforços do governo para abordar as preocupações de que a família imperial possa ficar sem herdeiros no futuro, já que legisladores e acadêmicos conservadores buscam manter regras de sucessão exclusivamente masculinas, enquanto o público apoia amplamente a permissão de mulheres subirem ao trono.

Existem apenas três homens na fila para suceder o imperador Naruhito, de 60 anos – seu irmão mais novo, o príncipe herdeiro Fumihito, de 55, o filho do príncipe herdeiro, Hisahito, de 14, e o tio do imperador, o príncipe Hitachi, de 85 anos. O imperador e a imperatriz Masako têm uma filha de 19 anos, a princesa Aiko, mas sob a Lei da Casa Imperial as mulheres não podem ascender ao Trono do Crisântemo.

Em uma entrevista coletiva, o presidente da Câmara dos Representantes, Tadamori Oshima, disse esperar que o governo agora dê “consideração solene” ao que pode ser feito para concretizar uma sucessão imperial estável. Ainda não está claro quando as discussões irão acelerar. O governo provavelmente tentará evitar que a sucessão imperial se torne uma questão polêmica nas próximas eleições da câmara baixa, que serão realizadas em outubro de 2021.

Em 2017, o Parlamento exortou o governo a discutir prontamente como conseguir uma sucessão imperial estável e a relatar a sua conclusão, sem definir um prazo. O governo do primeiro-ministro Yoshihide Suga disse que faria isso após as cerimônias em novembro de 2021 para proclamar a ascensão do príncipe herdeiro ao trono.

Leia em Kyodo News (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também