Japão confirma nova variante do coronavírus em chegadas do Brasil

Das quatro pessoas vindas do Brasil, apenas uma é assintomática. Todos estão em quarentena

Japão confirma nova variante do coronavírus em chegadas do Brasil
Desbravando o Japão

Quatro pessoas que chegaram do Brasil ao aeroporto de Haneda em Tóquio foram infectadas com uma nova variante do coronavírus, disseram as autoridades, em meio a um ressurgimento de infecções no Japão. A confirmação veio quando o primeiro-ministro Yoshihide Suga disse que o governo levará “alguns dias” antes de julgar se deve expandir o Estado de Emergência declarado sobre a pandemia do coronavírus nas províncias de Osaka, Quioto e Hyogo.

O Instituto Nacional de Doenças Infecciosas disse que não há evidências de que a nova variante seja mais transmissível ou com maior probabilidade de causar sintomas graves. O chefe do instituto, Takaji Wakita, disse que a variante apresenta algumas semelhanças com as que estão se espalhando na Grã-Bretanha e na África do Sul. A preocupação com as novas variantes potencialmente mais infecciosas do coronavírus descobertas nos dois países levou o governo a suspender a entrada de estrangeiros não residentes no Japão.

O ministério disse que os quatro passageiros chegaram ao aeroporto de Haneda no dia 2 de janeiro vindos do estado do Amazonas. Eles testaram positivo após a quarentena do aeroporto. Dos quatro, um homem na casa dos 40 anos foi hospitalizado devido à dificuldade em respirar, uma mulher na casa dos 30 anos queixou-se de dores de garganta e de cabeça, um adolescente teve febre e uma adolescente não apresentou sintomas.

No início do dia, Suga disse a um programa da emissora pública NHK: “Disseram-me que precisamos vigiar a situação por alguns dias, então estou pensando assim”, referindo-se à opinião de um painel governamental de especialistas que monitora tendências de infecção.

Leia em Kyodo News (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também