Inicia-se o primeiro teste da vacina em humanos do COVID-19 no Japão

Inicia-se o primeiro teste da vacina em humanos do COVID-19 no Japão

A empresa Anges Inc. entra na corrida pela criação da vacina, juntamente com a empresa de biotecnologia americana Moderna Inc., a gigante farmacêutica britânica AstraZeneca Plc e a chinesa CanSino Biologics Inc.

A startup médica Anges Inc. iniciou o primeiro ensaio clínico do Japão em humanos de uma potencial vacina para o novo coronavírus, visando a aprovação do governo no outono do próximo ano para sua venda, caso a vacina se mostre segura e eficaz.

O teste será realizado no Hospital Universitário da Cidade de Osaka, com a participação em 30 adultos saudáveis. Serão avaliados dados durante oito semanas, para verificar se há efeitos colaterais da vacina ou se os participantes desenvolveram anticorpos contra a doença.

Os participantes são agrupados em duas equipes de 15, com doses em diferentes quantidades. Cada pessoa receberá duas doses intramusculares da vacina.

Se a fase inicial do teste clínico confirmar a segurança da vacina, a Anges aumentará o número de participantes para cerca de 400. Se o próximo estágio for bem sucedido, espera obter aprovação do governo entre a primavera e o outono do próximo ano para produção e venda da vacina.

A Anges disse que os pacientes inscritos serão observados até julho do próximo ano. A empresa também planeja um ensaio clínico separado da vacina na Universidade de Osaka.

A vacina desenvolvida pela Anges injetará no corpo um DNA circular geneticamente modificado que produz “proteínas spike“, que são uma característica do coronavírus, de acordo com a empresa. Quando essas proteínas são produzidas, o sistema imunológico do corpo é estimulado a produzir anticorpos contra o vírus.

A Anges se junta a cerca de 17 testes clínicos de candidatos a vacina contra o novo coronavírus sendo conduzidos globalmente, incluindo a empresa de biotecnologia americana Moderna Inc., a gigante farmacêutica britânica AstraZeneca Plc e a chinesa CanSino Biologics Inc., à medida que a corrida acelera.

No Japão, a Shionogi & Co. também está desenvolvendo uma vacina, mas ainda não iniciou um teste clínico em humanos.

Dado o aumento na demanda, o Japão está procurando garantir um fornecimento estável de vacinas para as pessoas no país. O governo está pressionando por vacinas caseiras e também negociando com empresas estrangeiras como a AstraZeneca, na tentativa de garantir vacinas suficientes para sua população.