Hayabusa 2: fotos da sonda revelam que o asteroide Ryugu, orbitava mais perto do Sol

Os cientistas esperam que, comparando as amostras após o retorno planejado do Hayabusa 2, eles possam identificar processos muito mais detalhados de como o Ryugu foi formado e desenvolvido

Hayabusa 2: fotos da sonda  revelam que o asteroide Ryugu, orbitava mais perto do Sol
Desbravando o Japão

O asteroide Ryugu costumava passar muito mais perto do Sol, ainda mais perto que Mercúrio, revela uma análise de imagens captadas pela sonda espacial japonesa Hayabusa 2. A sonda capturou as imagens do asteroide, após disparar uma bala contra Ryugu, provocando sedimentos, durante a primeira tentativa de pouso do Hayabusa 2 em fevereiro do ano passado.

Uma equipe de pesquisadores, principalmente da Universidade de Tóquio e da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA), notou numerosas partículas vermelhas escuras medindo 0,3 milímetros ou menos voando pelo asteróide nas fotos. A análise da equipe mostrou que elas foram expostas ao calor do Sol, de 300 mil à 8 milhões de anos atrás. As descobertas foram publicadas no dia 7 de maio no site da revista científica americana Science.

“Ryugu pode ter viajado em uma órbita dentro de Mercúrio”, disse Tomokatsu Morota, membro da equipe, professor associado de ciência planetária da Universidade de Tóquio. Morota estava se referindo à possibilidade do Ryugu orbitasse o cinturão de asteroides fora de Marte, que depois foi puxado para mais perto do Sol pela gravidade dos planetas próximos e mudou de rumo para passar perto da Terra e de Marte.

As imagens do local de desembarque Hayabusa 2 também mostram grãos de areia branca pálida que não ficaram vermelho-escuro. Acredita-se que ambos os tipos de partículas tenham sido coletados durante a missão de pouso. As descobertas da equipe podem ser acompanhas diretamente no site da Science.

Hayabusa 2: fotos da sonda revelam que o asteroide Ryugu, orbitava mais perto do Sol 1
A superfície do asteróide Ryugu
Foto: Agência de Exploração Aeroespacial do Japão

Leia em Asahi (SHIORI OGAWA - Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também