Guarda costeira do Japão testa aeronaves não tripuladas

O drone pode voar sem escalas por mais de 24 horas. Ele pode cobrir os confins da zona econômica exclusiva do Japão em um único voo

Guarda costeira do Japão testa aeronaves não tripuladas

A Guarda Costeira do Japão começou a testar uma aeronave não tripulada para saber se ela pode realizar tarefas importantes, incluindo busca e resgate e vigilância marítima.

A empresa de defesa americana General Atomics desenvolveu o drone de 12 metros de comprimento, chamado SeaGuardian, e uma envergadura de 24 metros.

A guarda costeira está verificando a segurança da aeronave e se ela pode enviar imagens e dados em tempo real para as estações terrestres de suas câmeras de alta definição e radar.

A aeronave ficará baseada na base da Força de Autodefesa Marítima na província de Aomori, norte do Japão.