Governos locais do Japão promovem procedimentos livres de hanko

O governo de Tóquio planeja abolir o uso de hanko até o final do ano fiscal de 2020 para documentos que atualmente exigem carimbos

Governos locais do Japão promovem procedimentos livres de hanko

Os governos locais estão acelerando os esforços para eliminar o uso de carimbos hanko, em linha com o foco do primeiro-ministro Yoshihide Suga na digitalização de procedimentos administrativos. Vários chefes locais expressaram seu apoio à iniciativa do governo Suga, que começou há cerca de um mês. Enquanto isso, os líderes das comunidades que hospedam fabricantes de hanko estão cada vez mais frustrados com a tendência, dizendo que os carimbos não devem ser vistos como um obstáculo à digitalização.

No final de setembro, o governo municipal de Fukuoka tornou o uso de hanko desnecessário para cerca de 3800 tipos de documentos de procedimento administrativo. Com o prefeito Soichiro Takashima liderando os esforços de reforma, Fukuoka já processava 73,7% de seu trabalho administrativo online no final de março.

Um grupo de governadores propôs que o governo central mudasse os serviços administrativos para se tornarem totalmente online, em princípio. A proposta foi feita em uma reunião online de uma força-tarefa da Associação Nacional de Governadores para a digitalização da sociedade. Os governadores disseram que o governo central deve permitir que os residentes usem o cartão de seguridade social e de identificação fiscal My Number por meio de smartphones.

Para garantir que todos recebam os benefícios da digitalização de forma igual, a força-tarefa exigiu que o governo nacional melhorasse as redes de fibra ótica e fornecesse apoio a cidadãos idosos e de baixa renda.