Governo suspende a campanha Go To Travel em algumas áreas

Não apenas Tóquio, mas outras áreas urbanas também viram um aumento acentuado de novos casos, como na província de Osaka, forçando o governo a repensar os rumos do programa Go To Travel

Governo suspende a campanha Go To Travel em algumas áreas
Desbravando o Japão

Parte da série Matérias Especiais, em 75 posts

O Japão suspenderá seu programa de subsídios Go To Travel em áreas com um alto número de casos de coronavírus, disse o primeiro-ministro Yoshihide Suga no sábado, em uma reversão de política de sua abordagem já muito criticada por focar muito em estimular a economia em meio a números recordes de infecções.

A decisão foi tomada quando o Japão confirmou mais de 2500 novos casos diários do novo coronavírus, marcando um recorde pelo quarto dia consecutivo, e um dia depois de um painel do governo de especialistas médicos ter proposto revisar a campanha destinada a promover o turismo doméstico.

Em uma reunião da força-tarefa do governo sobre medidas contra o vírus, Suga disse que a aceitação de novas reservas para viagens a áreas onde as infecções estão se espalhando rapidamente durante a campanha será interrompida.

Suga também disse que o governo pedirá aos governadores das províncias que considerem interromper a emissão de cupons de desconto Go To Eat, com o objetivo de encorajar os jantares em restaurantes. “Para evitar situações que requeiram medidas mais fortes, a cooperação das pessoas é indispensável”, afirmou.

Leia em Japan Today (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também