Governadores querem medidas pós-emergência rígidas

Os governadores também pedem ao governo que complete a vacinação para os profissionais de saúde o mais rápido possível e comece a vacinar os cidadãos idosos

Governadores querem medidas pós-emergência rígidas

Os governadores das províncias do Japão querem que as medidas rígidas sejam mantidas para evitar que o coronavírus se espalhe, depois que um estado de emergência na área de Tóquio terminou no domingo. Governadores de cerca de 30 das 47 províncias do Japão realizaram uma reunião online no sábado.

Ono Motohiro, o governador de Saitama, ao norte de Tóquio, disse: “O número de novos casos parou de diminuir na minha província. Até mostra um sinal de aumentar novamente. Depois que o Estado de Emergência for suspenso, precisamos facilitar a prevenção e medidas gradativamente, em etapas”.

Os governadores compilaram propostas para o governo central prevenir outro surto de infecções. As propostas incluem apoio financeiro para a realização de extensos testes de vírus PCR e rastreamento de rotas de infecção.

Mais de 1.500 novos casos foram relatados em todo o Japão no sábado. Quase metade deles estava na área de Tóquio. Isso eleva a contagem nacional para mais de 456.000. Mais de 8.800 pessoas morreram desde o início da pandemia.