Go To Travel: Empresas de viagens diminuem desconto máximo em até 75%

Desde que Tóquio entrou no programa, o uso aumentou drasticamente e surgiram descontos menores

Go To Travel: Empresas de viagens diminuem desconto máximo em até 75%
Desbravando o Japão

Parte da série Coronavírus, em 356 posts

Os principais sites de reservas de hotéis que oferecem descontos como parte da campanha de promoção turística do governo japonês Go To Travel estão reduzindo o limite máximo dos descontos para os turistas em até 75%.

Os sites de reservas que reduziram suas ofertas são Jalan, Ikyu.com e Yahoo Travel. Até recentemente, os viajantes podiam esperar um desconto máximo de 14 mil ienes, mas as reservas feitas desde o dia 10 de outubro têm um limite máximo de apenas 3500 ienes com desconto. A alteração das condições foi anunciada simultaneamente nos sites das agências de viagens.

Para o orçamento da campanha Go To Travel, o governo central forneceu fundos para as agências de viagens com base em suas vendas no exercício financeiro anterior. Um representante de RP do Yahoo Travel disse: “Quando revisamos o valor do orçamento atribuído a nós, decidimos que, se reduzíssemos o desconto, mais pessoas poderiam fazer uso do serviço. Não estamos ficando sem recursos orçados, mas surgiu essa possibilidade”.

Mas um funcionário da agência para a campanha Go To Travel disse ao Mainichi Shimbun: “O desconto de 14 mil ienes é o valor máximo, então não há problema em diminuir o desconto”.

Leia em The Mainichi (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também