Ex-Primeiro-Ministro Abe diz que são as pessoas “anti-Japão” que estão se opondo às Olimpíadas de Tóquio

O ex-Primeiro-Ministro Shinzo Abe criticou aqueles que se opõem à realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio em uma matéria de revista, dizendo que as pessoas rotuladas como anti-Japão agora estão criticando intensamente os jogos

Ex-Primeiro-Ministro Abe diz que são as pessoas “anti-Japão” que estão se opondo às Olimpíadas de Tóquio

“Pessoas que foram criticadas por alguns como anti-Japão por causa de suas percepções históricas e outras visões agora se opõem fortemente à realização das Olimpíadas“, disse Abe em uma discussão publicada na edição atual da revista mensal Hanada. Como exemplos específicos, Abe citou o Partido Comunista Japonês e o jornal Asahi Shimbun, que pediu o cancelamento dos jogos em um editorial em maio.

anti-japão

Falando sobre o significado das Olimpíadas, Abe disse que as pessoas que se movem juntas quando os atletas japoneses ganham medalhas e realizam feitos incríveis leva à “confirmação mútua dos laços entre os japoneses”. Ele enfatizou que há “significado histórico no Japão, tornando os jogos um sucesso como um país que acredita na liberdade e na democracia”, acrescentando que o Japão tem “a responsabilidade” de fazê-lo. Quanto ao motivo de os partidos de oposição terem criticado a realização dos jogos, ele disse: “Eles provavelmente estão descontentes com o sucesso das Olimpíadas no Japão”, talvez tentando evidenciar esse sentimento anti-Japão mencionado anteriormente.

Sobre a postura acalorada de Yukio Edano, chefe do maior partido da oposição, o Partido Democrático Constitucional do Japão, durante o debate de um líder do partido com o primeiro-ministro Yoshihide Suga no dia 9 de junho, Abe disse: “Ele realmente odeia quando seu plano (para um discurso) desintegra-se. ” E acrescentou: “Algumas pessoas acham que ele é realmente narcisista, então ele não suporta quando é criticado.” Abe disse que quando era primeiro-ministro, Edano “tinha a tendência de evitar o debate interativo, começando e terminando com críticas”.

Mais demonstrações de movimentos anti-Japão?

Os comentários do ex-Primeiro-Ministro apareceram na revista como parte de um diálogo com o jornalista Yoshiko Sakurai. Nesta semana, a tocha olímpica também foi “atacada” em sua passagem por Saitama, em outro tipo de manifestação anti-Japão. Veja um vídeo que repercutiu bastante no YouTube: