Estudo japonês mostra que o suco de caqui pode tornar o coronavírus inofensivo

Enquanto as vacinas COVID-19 ainda estão em desenvolvimento, universidades e centros de pesquisa em todo o mundo estão correndo para encontrar possíveis curas e remédios para o vírus contagioso

Estudo japonês mostra que o suco de caqui pode tornar o coronavírus inofensivo

O suco de caqui tem sido usado tradicionalmente como corante há muito tempo, mas pesquisas recentes na Nara Medical University revelaram uma característica surpreendente do líquido – em doses altamente concentradas, ele pode tornar o coronavírus virtualmente inofensivo.

Pesquisadores da Universidade testaram uma solução, misturando coronavírus, saliva e suco de tanino de caqui, deixando a mistura repousar por 10 minutos. Passados ​​10 minutos, o vírus havia sido desintoxicado.

No entanto, há um problema. Não é suco de qualquer caqui e deve ser preparado de uma determinada maneira. A mistura usada foi criada primeiramente espremendo caquis adstringentes ou verdes, fermentando-os e envelhecendo.

Extensos ensaios e pesquisas ainda precisam ser conduzidos quanto à potência e ao tempo adequados para anular o COVID-19, mas pode ser reconfortante para alguns saber que uma potencial cura natural está em andamento.