Japão busca aprovação do Avigan para tratar COVID-19

A Fujifilm Holdings pretende produzir e vender seu antiviral Avigan como tratamento para o novo coronavírus no Japão

Japão busca aprovação do Avigan para tratar COVID-19

O Ministério da Saúde poderá aprovar ainda este ano, o Avigan, o primeiro medicamento desenvolvido internamente para tratamento do vírus. O Japão já havia aprovado a dexametasona e o remdesivir como tratamentos para o coronavírus.

O Avigan, cujo nome genérico é favipiravir, foi originalmente desenvolvido como um tratamento contra a gripe, pelo que agora é Fujifilm Toyama Chemical. Os ensaios clínicos para COVID-19 começaram em março e foram concluídos em setembro. Enquanto os resultados ainda estão em revisão, a droga aparentemente mostrou alguma eficácia contra o coronavírus.

O Avigan já é administrado a pacientes com coronavírus em certas instituições médicas como parte de estudos observacionais. A aprovação como tratamento oficial permitirá um uso mais amplo. O medicamento não pode ser usado em mulheres grávidas, pois foi descoberto que ele pode causar defeitos de nascença.

O Ministério da Saúde disse que planeja acelerar a aprovação do medicamento. “Se os dados dos testes clínicos parecerem bons, poderemos aprová-los em um mês a partir do momento em que a Fujifilm enviar o pedido”, disse uma fonte do ministério.