Estrangeiro é preso por confundir caixa de correio com lata de lixo no Japão

Um cidadão britânico que vive em Kamakura, ao leste do Japão, foi preso sob suspeita de violar a Lei de Gerenciamento de Resíduos ao jogar um bentou em uma caixa de correio

Estrangeiro é preso por confundir caixa de correio com lata de lixo no Japão

Anthony Tanaka, foi preso no local por oficiais da Polícia da Província de Kanagawa, sob suspeita de despejo ilegal. Ele negou as acusações e disse à polícia que pensava que a caixa de correio era uma lata de lixo.

Segundo a delegacia, eles receberam um relatório do Correio de Kamakura no dia 24 de dezembro de 2020, de “uma caixa de correio suja de lixo”. A polícia recebeu um total de sete relatórios semelhantes e mais de 150 itens do correio foram confirmados sujos ou manchados por comida. Três dos sete relatórios pertenciam à caixa de correio da prefeitura e um policial à procura de um incidente repetido supostamente deteve Tanaka depois de vê-lo descartando os resíduos de bentou (marmita).

De acordo com a Lei Postal, indivíduos condenados por correspondência prejudicial (itens colocados na caixa de correio que causem ou possam causar danos) podem ser sentenciados a até cinco anos de prisão ou multados em até 500 mil ienes (cerca de 4.600 dólares). A delegacia também está investigando o caso para possíveis violações desse ato.