Entraram em vigor penalidades mais severas para quem usa Smartphone ao volante

Regulação mais severa para motoristas que usam celulares ao volante entraram em vigor no Japão neste domingo, após um clamor de famílias que perderam entes queridos em acidentes de trânsito causados ​​por esses motoristas.

Entraram em vigor penalidades mais severas para quem usa Smartphone ao volante
Foto: marlon-lara-siJKL6V3Zbo-unsplash

Com a revisão da Lei de controle de tráfego, os motoristas distraídos por telefones celulares enfrentam multas mais altas, com um aumento de três vezes nos pontos na carteira e prisão mais longa.

Em 2018, houve 2.790 acidentes ligados a motoristas distraídos por Smartphones, dos quais 42 foram fatais, um aumento de cerca de 2,3 vezes em 10 anos.

Com a revisão, motoristas que forem pegos falando ou usando seus telefones celulares irão receber três pontos no prontuário, ao invés de um, enquanto os casos que estiverem colocando em perigo outras pessoas, passam a receber seis pontos, em vez de dois da Lei antiga.

Quanto ao valor das multas:

-Veículos pesado: 25.000 ienes, antes a multa era de 7.000 ienes;

-Carros de tamanho padrão: 18.000 ienes, eram 6.000 ienes;

-Para motociclistas: 15.000 ienes, antes eram 6.000 ienes;

– Motocicletas com motores de 50cc ou menos: 12.000 ienes, a multa era de 5.000;

Os infratores reincidentes podem enfrentar sentenças de prisão de até seis meses ou multas de até 100.000 ienes.

A revisão também pune aqueles cujo uso de Smartphone ameaça a vida de outros que agora podem ser imediatamente responsabilizados criminalmente. Se acusados, eles enfrentarão uma penalidade mais severa, podendo ser sentenciados a prisão de até um ano ou multa de até 300.000 ienes, em comparação com uma sentença de prisão de até três meses ou uma multa de até 50.000 ienes na Lei anterior.