“Demon Slayer” se aproxima de se tornar a maior bilheteria do cinema no Japão, mas “A Viagem de Chihiro” reage

O valor da maior bilheteria da história do Japão acaba de ser revisado, atrapalhando o anime de 2020

“Demon Slayer” se aproxima de se tornar a maior bilheteria do cinema no Japão, mas “A Viagem de Chihiro” reage

De acordo com dados divulgados, o filme Kimetsu no Yaiba – Mugen no Ressha hen, que foi lançado no dia 16 de outubro, arrecadou um total de 30,28 bilhões de ienes (291 milhões de dólares), superando a bilheteria japonesa de filmes como Kimi no Na wa, Frozen e Titanic, se tornando a 2ª maior bilheteria, atrás apenas dos 30,8 bilhões iene do filme A Viagem de Chihiro, de Hayao Miyazaki do Studio Ghibli, filme de maior bilheteria do Japão em quase duas décadas.

No entanto, a diferença entre os dois ficou um pouco maior, já que a distribuidora de filmes Toho acaba de anunciar que o total de bilheteria de A Viagem de Chihiro é maior e na verdade é de 31,68 bilhões de ienes. Revisar o valor da bilheteria, 19 anos após sua estreia, pode parecer como Toho usando contabilidade obscura para garantir que um filme de Ghibli permaneça no topo da lista. Porém, a Toho também é distribuidora do filme Demon Slayer.

O que acontece é que A Viagem de Chihiro e outros 3 filmes do Studio Ghibli voltaram a ser exibidos nos cinemas durante a pandemia, devido a falta de filmes novos. Embora o filme não tenha sido exibido em tantos cinemas em 2020 como em 2001, ainda atraiu espectadores suficientes para aumentar em 880 milhões de ienes (8,38 milhões de dólares).