Cerca de 100 mil “máscaras de pano do governo” foram devolvidas

N51 - 28-07-2020

Após as entregas do governo japonês de máscaras de pano para todas as famílias do Japão, quase 100 mil máscaras foram devolvidas às autoridades nacionais e locais, ou doadas a organizações privadas, segundo revelou o Mainichi Shimbun.

As máscaras foram apelidadas sarcasticamente de Abenomask (máscaras de Abe), uma peça do conjunto de políticas econômicas Abenomics do governo Abe. Um funcionário do governo próximo ao primeiro-ministro Shinzo Abe aconselhou-o que “se as máscaras de tecido, que podem ser usadas repetidamente, forem distribuídas, as preocupações do público sobre a falta de máscaras desaparecerão”. O governo nacional explicou que as entregas de máscaras para as famílias começaram em 17 de abril e foram concluídas em meados de junho.

No entanto, houve inúmeros casos em que máscaras consideradas desnecessárias foram enviadas de volta ao Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar. Outras instituições também receberam as máscaras, como foi o caso da Rengo Hokkaido, uma confederação sindical na província do norte do Japão. O número de doações atingiu cerca de 93 mil. Um representante comentou: “Não achamos que conseguiríamos reunir tantas máscaras” e falou em usá-las doando-as para creches e lares para idosos.

Também houve a questão de encontrar defeitos nos itens, como manchas amarelas e mofo. Foram 7917 consultas feitas ao Ministério da Saúde solicitando a troca dessas máscaras, que aparentemente foram cobertas com suprimentos de reposição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *