As mudanças são para todos

Com o passar do tempo é natural que a pessoa mude fisicamente e também muda no sentindo comportamental, os que aprendem a fazer um novo movimento e inclui este na sua rotina diária – os exercícios físicos

As mudanças são para todos
Yumi Saito Consultoria

Receba os posts por email assim que foram publicados

Mudança de comportamento, de informações, de rotina. Até pouco tempo atrás estávamos despreocupados com a possibilidade de uma infecção viral desconhecida e agora nos encontramos usando máscaras e mais cautelosos. Isso afeta a vida de todos, sem exceção, até mesmo aqueles que negam o perigo. Além disso, outras mudanças que atingem todo mundo são as mudanças físicas.

As mudanças físicas são notáveis ao longo da vida. Isso é fato. Bee (1977) relaciona isso com a maturação e o desenvolvimento do corpo. Isto é, com o passar do tempo é natural que a pessoa mude fisicamente e também muda no sentindo comportamental, os que aprendem a fazer um novo movimento e inclui este na sua rotina diária – os exercícios físicos.

As mudanças são para todos 1

Ao passar pelas mudanças da puberdade, as quais são um turbilhão, começa-se uma etapa a qual predomina a continuidade, e com o avanço da idade, vão-se produzindo deteriorações diversas no corpo. Essas deteriorações são as mudanças biológicas que simplesmente acontecem para todos

Uma das mudanças que acontece ao longo dos anos é a diminuição da mobilidade. Com o passar do tempo, movimentos , dos mais simples aos mais complexos, que são propostos a fazer, se tornam  mais difíceis de serem executados. Por quê?

Ainda não se tem todas às evidencias, mas é provável que a síntese do colágeno, que é um importante componente para o nosso corpo, torna-se menos eficiente com o passar dos anos, então o enrijecimento das cartilagens vai aumentando e também há uma tendência ao encurtamento dos músculos. Isso se agrava devido à inatividade física.

O tempo passa e a velocidade da regeneração dos tecidos muscular, ósseo e cartilaginoso diminui. Começa-se então a se perder parcialmente o volume destes tecidos e a funcionalidade. É um processo fisiológico chamado sarcopenia, que diz respeito à perda de massa muscular.

As mudanças são para todos 2

Em um adulto saudável estima-se que a perda de massa muscular ocorra na proporção de 1 a 2% ao ano. Isso fica mais marcante após os 40 e 50 anos. Aos 80 anos, pode-se considerar que o individuo terá apenas 50% da massa muscular que tinha na juventude, segundo a literatura.

Essa perda pode acontecer por vários fatores. Os mais comuns são: os déficits hormonais devidos o envelhecimento, quantidades inadequadas de proteínas na alimentação, diabetes, assim como a baixa ou falta de atividades físicas, que ao serem praticadas regularmente e estarem associadas a uma alimentação adequada é capaz de  prevenir, e até mesmo reverter quadros de sarcopenia.

Deve-se considerar que os níveis de atividade física são determinantes para evidenciar fundamentos que afetam a composição corporal, a partir da infância até a velhice. A  composição corporal difere as proporções de massa magra (ossos e músculos) e massa gorda (gordura corpórea) do peso total do individuo, o que se torna mais importante ao peso na balança, do ponto de vista da saúde.

As mudanças são para todos 3

A inatividade é o principal fator para perda de massa muscular, densidade óssea, flexibilidade e também contribui para o aumento de gordura. Diante disso, cada pessoa tem a longevidade que conquistou, sendo esta  resultado do nível de atividade física  e da alimentação equilibrada de uma vida inteira. Quanto mais cedo se começa a praticar exercícios e ter educação alimentar, menores serão os impactos negativos decorrentes aos processos de envelhecimento.

Você busca saúde e não sabe por onde começar? Yumi Saito Sports Life & consultoria impulsiona seus resultados! 

Yumi  Saito

Cref. 001797G/PA

Fundadora de YUMI SAITO SPORTS LIFE & CONSULTORIA, é professora de Educação física, especializada em educação especial. Tem 11 anos de experiência em treinamento de grupos especiais e educação física escolar.

Desenvolveu a metodologia YUMI SAITO SPORTS LIFE, onde uniu conceitos de fisiologia do exercício e Pedagogia aplicada à Educação física.

Apaixonada pela profissão, tem como missão ajudar pessoas a alcançarem seus objetivos através de técnicas simples que se encaixam perfeitamente em alguns minutos do seu dia.

Referências:

FLECK, Steven; KRAEMER, Willian. Fundamentos do treinamento de força. Tradução Jerri Luiz Ribeiro.  3ª edição. Artmed, 2006. MONTEIRO, Arthur Guerrine. Treinamento personalizado – uma abordagem didático metodológica. 3ª edição. Phorte, 2006

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também