Agência Nacional de Tributos do Japão divulga sua pesquisa salarial do setor privado de 2019

A renda anual do trabalhador não regular está diminuindo e a diferença salarial com o trabalhador regular está aumentando ano a ano

Agência Nacional de Tributos do Japão divulga sua pesquisa salarial do setor privado de 2019

Em setembro deste ano, a Agência Nacional de Tributos divulgou os resultados da “Pesquisa Salarial do setor Privado” de 2019 no Japão.
A renda média anual por assalariado foi de 4,36 milhões de ienes, uma redução de 1,0% em relação ao ano anterior, embora não tenha havido influência do Coronavírus em 2019.

Por gênero, a renda anual foi de 5,4 milhões de ienes para os homens (queda de 1,0% ano a ano), e de 2,96 milhões de ienes para mulheres (aumento de 0,8% ano a ano). Por tipo de contrato regular (seishain) e não-regular (junshain, keiyakushain, haken shain, part-time, rinji shain, yukikoyoushain etc), trabalhadores regulares receberão em média 5,03 milhões de ienes/ano (queda de 0,0%), enquanto a média da renda dos trabalhadores não-regulares foi de apenas 1,75 milhão de ienes (queda de 2,5%).

A renda anual do trabalhador não regular está diminuindo e a diferença salarial com o trabalhador regular está aumentando ano a ano. Você pode conferir todos os pontos no documento oficial liberado pela Agência. O documento está em japonês.