Abrigos do tamanho de uma cama oferecem proteção em residências contra o coronavírus

O abrigo foi desenvolvido em um mês, com o objetivo de colocá-lo em uso comercial o mais rápido possível

Abrigos do tamanho de uma cama oferecem proteção em residências contra o coronavírus
Desbravando o Japão

Parte da série Coronavírus, em 356 posts

Uma câmara de plástico transparente, do tamanho de uma pequena barraca, equipada com ventilação, pode ser a coisa certa para ajudar a impedir a propagação do novo coronavírus em residências, hospitais ou centros de evacuação.

Com custos de produção fixados em cerca de 40.000 ienes, a equipe está solicitando aos operadores comerciais que comercializem em conjunto o aparelho, idealizada por Hiroki Kitamura, um funcionário de 51 anos de uma das principais empresas de eletrônicos. Kitamura, que vive em Meiwa, na província de Mie, trabalhou com outras quatro pessoas.

A câmara de quarentena para uma pessoa, consiste em uma estrutura de plástico coberta com folhas de plásticas transparentes, com um ventilador conectado para a circulação de ar. Kitamura disse que seu objetivo era evitar infecções transmitidas por gotículas.

Embora já exista um sistema semelhante, Kitamura disse que não era adequado para famílias em geral porque o ventilador, apesar de fornecer boa ventilação, era muito grande e caro. “Estamos em uma situação sensível ao tempo e todos correm o risco de serem infectados”, disse Kitamura. “Acredito que a câmara salvará vidas”.

Abrigos do tamanho de uma cama oferecem proteção em residências contra o coronavírus 1
Foto: Tetsuaki Otaki

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também