A polícia do Japão não exigirá mais o uso de hanko para nenhum procedimento administrativo

A polícia lida com 315 tipos de procedimentos administrativos em todo o país, como certificações de garagem e autorizações de uso de estradas

A polícia do Japão não exigirá mais o uso de hanko para nenhum procedimento administrativo

A Agência Nacional de Polícia do Japão (NPA) anunciou que não exigirá mais o uso de carimbos hanko dos residentes para procedimentos administrativos.

O NPA revisará o decreto do Gabinete do Governo e os regulamentos da Comissão Nacional de Segurança Pública e notificará a polícia da província em todo o Japão sobre a mudança até o final do ano. Os carimbos não serão mais necessários a partir do início de 2021.

Entre as aplicações administrativas com a polícia em que os hanko não serão mais necessários estão a permissão para possuir armas de caça e metralhadoras, para administrar antiquários e lojas de penhores, certificações de negócios de segurança.

O NPA também está considerando abolir o uso interno de hanko para pedidos de licença e pedidos de reembolso de despesas de viagem, entre outros itens. Enquanto isso, os procedimentos criminais, como declarações de confissão, continuarão exigindo os carimbos pessoais.