A Honda apresenta no Japão sua nova motocicleta de baixa cilindrada, a Striemo

Nenhum resultado foi encontrado. There aren’t any results matching your search query.

A subsidiária da Honda, uma empresa de capital de risco, revelou a Striemo como resposta às novas leis de trânsito. Essa nova motocicleta foi projetada para enfrentar encostas íngremes com facilidade, oferecendo maior estabilidade e manobrabilidade em comparação aos modelos anteriores.

A Striemo não precisa de habilitação

Além disso, a Striemo anunciou um novo veículo elétrico de três rodas, classificado como ciclomotor de pequeno porte motorizado, que está em conformidade com as novas categorias das leis de trânsito implementadas no dia 1º de julho.

Striemo

De acordo com as novas regulamentações, a velocidade máxima é de 20 quilômetros por hora, e o veículo exibirá uma luz verde indicando essa velocidade. O modo de velocidade inferior a 6 quilômetros por hora pode ser selecionado, permitindo o uso em áreas com pedestres.

Striemo

Não é necessário ter uma habilitação, desde que o motorista tenha 16 anos ou mais. A motocicleta não requer chutes para iniciar, permitindo que o condutor comece a andar sem apoiar os pés no chão e pare sem tirar os pés do veículo, proporcionando uma experiência de locomoção contínua e suave.

Striemo

A Striemo possui excelente capacidade de enfrentar solavancos e oferece uma sensação de segurança ao pilotar. Com uma carga de bateria de três horas e meia, é possível percorrer aproximadamente 30 quilômetros.

Striemo

Além disso, o veículo inclui um aplicativo exclusivo que permite ajustar a aceleração e verificar o nível de carga restante da bateria.

Striemo

A motocicleta será vendida por 300 mil ienes, com previsão de lançamento de uma edição limitada de 250 unidades a partir do próximo mês. A Striemo tem como objetivo atender a uma ampla variedade de pessoas e finalidades com seu novo veículo.

Striemo

Assine e receba os posts em seu email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *