A East Japan Railway regista perda de 2,5 bilhões de dólares no semestre

A East Japan Railway aguarda ver seu primeiro prejuízo líquido anual. Ela prevê um prejuízo de cerca de 4 bilhões de dólares no ano até março

A East Japan Railway regista perda de 2,5 bilhões de dólares no semestre

A pandemia COVID-19 teve um grande impacto nos negócios da East Japan Railway. A empresa registrou um prejuízo líquido de 264 bilhões de ienes ou cerca de 2,5 bilhões de dólares no período de abril a setembro. É a primeira perda do grupo no período desde o ano fiscal de 1992, quando começou a divulgar os resultados do semestre.

A operadora ferroviária conhecida como JR East diz que as vendas do grupo nos seis meses despencaram 48% em relação ao mesmo período do ano passado. A demanda por viagens de trem diminuiu. As vendas também diminuíram em suas instalações comerciais e hotéis.

A East Japan Railway afirma que pretende cortar custos em cerca de 960 milhões de dólares neste ano fiscal. A empresa vai reduzir a remuneração dos executivos e despesas com publicidade. Também aumentará os horários de partida dos últimos serviços de trem em muitas linhas dentro e ao redor de Tóquio a partir de março próximo.