A cintura e a saúde

A cintura e a saúde

Agora que já sabemos que ter uma cintura fina é bom para a nossa saúde, como fazer para consegui-la?

Homens e mulheres, quem não quer uma cintura fina? Acredito que é o desejo da grande maioria das pessoas. Esteticamente é bonito, atlético, mas, além disso, pode ser uma referência de saúde, pois a circunferência abdominal está ligada ao risco de complicações metabólicas.

Como posso saber?

O RCQ (Relação entre cintura/quadril ) aferi o perímetro da cintura (cm) que é divido pelo perímetro do quadril (cm). O resultado deste cálculo classifica, de acordo com a idade e o sexo, risco de complicações metabólicas baixo, moderado, alto e muito alto.

Segundo Bray (1992), esse valor deve ser menor que 0,80 para mulheres e menor que 0,95 para homens.

Saiba que complicações metabólicas podem ser prevenidas e tratadas com exercícios físicos prescritos adequadamente.

Agora que já sabemos que ter uma cintura fina é bom para a nossa saúde, como fazer para consegui-la?

A cintura e a saúde 1

Levando em consideração que a maioria das pessoas acumula gordura na região abdominal, para afinar a cintura é preciso, primeiramente, emagrecer. Simples assim! 

No entanto, esse “emagrecer” a qual me refiro, não é diminuir o peso na balança. Você pode diminuir de peso e não ter emagrecido. “Como?”

Às vezes, a redução dos números acontece por causa de desidratação, perda de massa muscular, e até mesmo, por fatores externos, como o horário que se pesou, a roupa e a balança que foi utilizada. E a gordura continua lá.

O que fazer?

 Recomposição corporal. Isto é, reduzir gordura corporal preservando massa muscular. Afinal músculos  também estão diretamente ligados à nossa saúde.

A cintura e a saúde 2

Rotina de exercícios no volume e intensidade adequados, alimentação certa de acordo com as suas necessidades e boa vontade são fundamentais para a sua Recomposição corporal, ter uma cintura fina e acima de tudo, ter mais saúde!

Pare este objetivo, podem ser feitos diferentes tipos de exercícios. Sem duvida, os exercícios abdominais, executados corretamente, no volume e intensidade adequados, contribuirão para se ter uma cintura fina, mas vale ressaltar que para conquistar aquela aparência  mais estreita e atlética é necessário fazer exercícios para as costas.

A cintura e a saúde 3

O músculo Latíssimo do dorso ou Grande dorsal está localizado na parte posterior do tronco e é o músculo mais superficial das costas, por isso extremamente estético. Por ter o formato em V ou triângulo invertido, é ele quem proporciona o a forma fina da cintura.

Sobre a funcionalidade, o Latíssimo do dorso é um músculo muito importante na sustentação do tronco e postura, pois ele tem contado direto com os processos espinhosos coluna vertebral.

Especialmente o público feminino ainda tem um conceito errôneo em relação aos exercícios para costas –  receio de ficar com aparência masculina. No entanto, isso não acontecerá. A aparência masculina é causada por hormônios e não por exercícios.

A cintura e a saúde 4

Diante aos benefícios estéticos e funcionais, seria interessante começar a fazer exercícios físicos de forma mais otimizada.

Fundadora de YUMI SAITO SPORTS LIFE & CONSULTORIA, é professora de Educação física, especializada em educação especial. Tem 11 anos de experiência em treinamento de grupos especiais e educação física escolar.

Veja o perfil completo de Yumi Saito