6 atividades para se divertir em família dentro de casa

6 atividades para se divertir em família dentro de casa

Criança em casa é sinal de muita diversão, mas não só para elas. Que tal aprender algumas brincadeiras comuns no Japão para passar o tempo de forma um pouco diferente

No mundo todo, crianças em idade escolar estão em casa há mais de um mês devido à COVID-19. Em períodos de longos feriados como o Golden Week do Japão, e como a situação de distanciamento social continua, sem data de até quando durará é inevitável passar mais tempo com nossos familiares.

Sem escola, sem atividades extracurriculares, sem poder brincar encontrar os colegas. Isso  pode significar um tédio extremo para as crianças, que são ativas por natureza. Então para driblar essa inquietação, muitos recursos podem ser utilizados.

Pode usar, mas por quanto tempo?

Televisão, computador, smartphone e tablete, por exemplo. Eles são bons em algumas situações, se forem usados de forma intencional e estruturada. O problema é a exposição  demasiada em frente as telas, pois piora a qualidade do sono, causa obesidade e até depressão, segundo pesquisas recentes do King’s College (Londres).

A Academia Americana de Pediatria (AAP) indica 1 hora de tela, que deve ser fracionado durante o dia, para crianças de 1 ano e meio aos cinco anos, e com conteúdo de acordo com a idade, maturidade, nível de compreensão e que gerem algum benefício para a criança. Crianças mais velhas e adolescentes, que estão fazendo atividades escolares via internet, cabe aos pais estabelecer esse limite de tempo, agindo sempre com bom senso.

Outros recursos para se experimentar       

Seja por causa do Coronavírus, ou por uma tempestade de neve, uma onda de calor, ficar em casa e interagir ativamente com os filhos por meio de jogos e brincadeiras sempre é uma excelente oportunidade de estreitar os vínculos de relacionamento com a família.

Nesses tempos, talvez você já tenha usado toda a sua gama de experiências a respeito de jogos e brincadeiras para fazer com as suas crianças. Então, para ampliar o seu repertório de atividades, que tal experimentar alguns jogos populares japoneses?

1 – Kakurenbo( かくれんぼ) – Esconde-esconde

É um clássico das atividades infantis, que não precisa ser jogado ao ar livre para se divertir. A versão japonesa, Kakurenbo, exige uma fala  entre a pessoa que está procurando e as que estão escondidas.

Como jogar:

Quem procura, nomeado de  おに (oni, demônio), cobre os olhos e conta até dez enquanto todo mundo se esconde. Depois disso, ele pergunta もういい かいmou ii kai? ou  “você está pronto?” para os outros jogadores. Se os outros estiverem prontos, eles respondem もういいよmou ii yo! ou “estou pronto!” Eles também podem dizer まだだよ! mada da yo! se eles precisarem de mais tempo para encontrar um bom esconderijo.

Uma vez que todos digam もういいよ, o buscador pode começar a procurar. Ao encontrar alguém, ele fala em voz alta: みつけた! – mitsuketa! ou “encontrei você!”. A primeira pessoa encontrada deve ser o próximo a contar.

A15 - Yumi Saito

2 – Darumasan Ga Koronda (だるまさんがころんだ)

Este jogo se refere ao boneco Daruma, uma estatueta redonda e vermelha com a imagem de um homem barbudo na frente, que podem ser usado como decoração. Darumasan Ga Koronda significa “O Daruma caiu”.

Como jogar:

Uma pessoa que é – o Daruma – fica em uma extremidade do corredor enquanto os outros jogadores ficam na outra. O Daruma se vira de costas para os outros e diz: Darumasan Ga Koronda!. Quando o Daruma está falando, os outros jogadores correm em sua direção. Na última sílaba “da”, o Daruma  vira rapidamente para olhar para os outros, que devem “congelar”  (parar) no lugar. Se o Daruma vê alguém se mexendo, este é enviado de volta à posição inicial.

O objetivo é que os jogadores se movam, aproximando-se o suficiente do Daruma para marcá-lo. Depois que o Daruma é marcado, todo mundo volta ao início e muda a pessoa que será é o Daruma na rodada seguinte.

Um fato interessante é Daruma são as figuras por trás da frase inspiradora: “caia sete vezes, levante-se oito”, no intuito de não desistir, de continuar se empenhando. Uma ótima lição para crianças e adultos, não é?

A15 - Yumi Saito

3 – Origami

Esta prática tradicional japonesa merece um lugar nestas sugestões de atividades lúdicas para casa, pois  as possibilidades de lazer e aprendizagem são infinitas com o origami e uma mente imaginativa.

O origami no Japão vive desde século VI, quando monges budistas trouxeram papel da China para a terra do sol nascente. Esta arte era estritamente usada para cerimônias e fins religiosos na época, mas centenas de anos depois é um hobby comum entre os japoneses de todas as idades, capaz de manter as pessoas entretidas por horas.

Algum origami para experimentar:

  • Famílias de animais de origami de diferentes tamanhos e cores.
  • Bolas de origami para brincar em casa , pois elas são leves.
  • Molduras, para fotografias especiais.
  • Caixas de papel para guardar pequenos objetos. Divertido e prático!
  • Lutadores de sumou de origami, que podem se transformar em uma brincadeira se colocados em uma caixa emborcada, na qual cada pessoa bate na superfície atrás do lutador de origami para movê-lo para o combate.
  • Chapéus de pirata, que também podem ser feitos de jornais.
  • Tsuru, o símbolo do origami. A crença é que se dobrar  mil origamis de tsuru, a ave que representa longevidade, com a mente direcionada para um desejo, este é realizado. Acredite!

Um pouco de prática pode levá-lo a se tornar 上手  jyouzu (muito bom, habilidoso) na arte do origami.

 4 – Shiritori (しりとり)

Shiritori é um  jogo de vocabulário da língua japonesa. É ideal para estimular o aprendizado do idioma, assim como aguçar o raciocínio. Cabe perfeitamente para longos momentos com a família.

Como jogar:

Dois ou mais jogadores se revezam dizendo palavras que começam com a última sílaba da palavra anterior. Por exemplo, se a primeira palavra for
りんご ringo (maçã), a próxima pessoa deverá dizer uma palavra que comece com go, como ゴリラ – ごりら – em hiragana/gorira (gorila). E assim, sucessivamente.

Como esse jogo termina?

Não há palavras no alfabeto japonês que começam com o hiragana , que é  o som “n”. Portanto, para continuar o exemplo anterior, りんご /ringo (maçã), e o jogo seguir até alguém responder, ライオン – らいおん – em hiragana – raion ( leão), essa palavra termina em , então este finaliza o jogo sendo o vencedor.

5 – Janken (じゃんけん) – Pedra, papel, tesoura

Janken é um jogo universal que é perfeito para resolver divergências ou fazer escolhas no contexto recreativo. Em japonês é Janken, porém existem  várias versões para  se referir a fala “Pedra, Papel, Tesoura”. A frase básica a aprender é じゃんけんぽんjankenpon.

Como jogar

Todos jogadores da roda cantam para iniciar さいしょはぐ saisho wa guu– os punhos primeiro, enquanto mostra o punho. Em seguida, じゃんけんぽんJankenpon. Ao dizer “pon”, os jogadores mostram um guu – a pedra,
ちょきchoki – a tesoura ou, paa – o papel. Pedra vence tesoura, tesoura vence papel e papel vence pedra. Se todos os jogadores escolherem o mesmo item, a próxima frase será あいこでしょaiko de sho, o que significa que o Janken acontece novamente até que reste um vencedor.

A15 - Yumi Saito

6 – Ayatori (あやとり) – Cama de gato

Ayatori, ou fazer formas usando um círculo de barbante com as mãos, é considerado uma das mais antigas brincadeiras. Embora exista um pouco de dificuldade na execução das formas com o barbante,  este jogo ensina as crianças a serem pacientes e aprimora a percepção, pois a cada passo você precisa garantir que o fio não fique emaranhado.

Para essa brincadeira é necessário de um fio de barbante, de aproximadamente 140 a 160 centímetros de comprimento, com as duas pontas amarradas para formar um círculo.

Como jogar:

Se estiver jogando Ayatori sozinho, tente criar uma destas formas comuns: a vassoura de bruxa, a Torre Eiffel, uma estrela. No caso de duas pessoas, o primeiro jogador faz uma forma com o Ayatori, depois o segundo jogador pega o barbante das mãos do primeiro para fazer uma nova forma. Quem comete um erro no entrelaçado, perde.

Então experiente esses jogos, busque novos e aproveite os momentos em família.

É válido ressaltar que atividades como as que foram descritas, contribuem positivamente para a saúde mental , controlando os níveis de estresse, assim beneficiando o sistema imunológico.

Nos tempos em que o mundo está vivendo, a saúde nunca foi tão apreciada.

Refências:

MARIA, Rosa. Tsuru, a ave japonesa símbolo da longevidade. Disponível em: www.mundo-nipo.com. Acesso em 03 de maio de 2020.

MONTANO, Fernanda. colaboração de Malu Echeverria. Por que limitar o tempo de tela das crianças? O tempo de exposição às telas é determinante na infância. Descubra como encontrar equilíbrio no mundo virtual. Disponível em: www.revistacrescer.globo.com. Acesso em 03 de maio de 2020.

VAN´T VELD, Erika. 8 Indoor Japanese Games To Try Out During The Coronavirus School Shutdown. Disponível em: www.savvytokyo.com. Acesso em 03 de maio de 2020.

Yumi Saito Sports Life Consultoria (Página no Facebook)

Yumi Saito (@yumigsaito)

Fundadora de YUMI SAITO SPORTS LIFE & CONSULTORIA, é professora de Educação física, especializada em educação especial. Tem 11 anos de experiência em treinamento de grupos especiais e educação física escolar.

Veja o perfil completo de Yumi Saito