brasileira

Três suspeitos são presos em caso de latrocínio que chocou a comunidade brasileira no Japão 

Três suspeitos foram presos em um caso de latrocínio que chocou a comunidade brasileira no Japão. O crime ocorreu no início de maio, na cidade de Suzuka, província de Mie.

A comunidade brasileira ficou chocada com a violência do caso

A vítima, Roseli Aihara Almeida, uma brasileira de 46 anos, foi brutalmente atacada com uma faca em seu apartamento, resultando em sua morte.

brasileira

Inicialmente tratado como um roubo seguido de homicídio, o caso teve uma reviravolta quando a polícia deteve o marido da vítima, Demerson Almeida Prates, de 48 anos, sua filha mais velha, Kimberly Aihara Almeida, de 25 anos, e Lucas Haruyuki Hakozaki, de 23 anos, que morava com eles.

brasileira

Uma semana após o crime, Prates concedeu uma entrevista à NNN, afirmando a inocência de sua esposa e negando qualquer problema com ela, tornando difícil acreditar no que aconteceu.

brasileira

Ele mencionou que não estava arrasado, pois eles estavam separados há mais de um ano. As prisões foram baseadas em depoimentos e evidências coletadas, incluindo a verificação do gravador veicular. Detalhes adicionais sobre a investigação não foram divulgados.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *