Tóquio lança estratégia para emissão zero de carbono até 2050

Com essas medidas, a cidade pretende ajudar a limitar o aumento da temperatura global média para 1,5ºC, reduzindo suas próprias contribuições para as mudanças climáticas

Tóquio lança estratégia para emissão zero de carbono até 2050

No final da década, o Governo Metropolitano de Tóquio lançou uma estratégia de emissão zero para a região, que revela um plano para alcançar emissões de dióxido de carbono zero até 2050.

Na estratégia, o Governo declara que reconhece que há uma crise climática e que a cidade “implementará políticas concretas e medidas efetivas”, como tornar todos os edifícios com zero de emissões e ter todos os carros completamente livres de carbono em meados do século.

O roteiro também estabelece uma meta a médio prazo, em 2030, para que 30% da energia de Tóquio seja gerada por fontes renováveis, reforçada pela instalação de 1,3 gigawatts de equipamento de energia solar (equivalente à energia consumida por cerca de um milhão de famílias por ano) até o final da década de 2020.

Outras metas a médio prazo incluem uma redução de 25% do plástico de uso único até 2030 – parte de uma meta nacional – uma redução de 50% no desperdício de alimentos em comparação a década de 2000, a instalação de 1.000 estações de carregamento de alta velocidade para veículos elétricos e a construção de 150 estações de carregamento de hidrogênio.

N08 - 03-01-2020
A baia de Tóquio vista do espaço