SoftBank revela robô de food service para reduzir riscos de infecções

O robô pode ajudar não só a prevenir os riscos de infecção, como o diretor de negócios da empresa aposta que esta é a resposta para combater a diminuição da mão de obra no país no pós-pandemia

SoftBank revela robô de food service para reduzir riscos de infecções

A unidade de produção de robôs da SoftBank Group Corp. revelou seu novo robô de serviço de alimentação em um movimento projetado para reduzir o risco de infecções por coronavírus, entre funcionários e clientes, em restaurantes e outros locais de refeições. A SoftBank Robotics Group Corp. disse que começará a alugar o robô Servi, que pode entregar automaticamente refeições e bebidas da cozinha para as mesas dos restaurantes, em janeiro próximo.

O plano de aluguel de três anos custa 99.800 ienes por mês. A empresa disse que espera pedidos não apenas de restaurantes, mas também de hospitais, varejistas e hotéis. O robô em forma de coluna de 1 metro de altura, desenvolvido em conjunto com a Bear Robotics Inc., da Califórnia, pode carregar uma carga de até 35 quilos de uma vez. Ele sabe aonde precisa ir usando inteligência artificial.

O robô pode entregar e recolher pratos apenas inserindo um número de mesa e pressionando o botão “ir” no dispositivo. Equipado com três câmeras e um sensor, ele pode desviar de obstáculos, como cadeiras e mesas. “A equipe do Hall pode reservar mais tempo para se comunicar com os clientes, apresentando nosso robô”, disse Dai Sakata, diretor de negócios da empresa, em uma entrevista coletiva online.

“Este robô também pode ser uma solução para a escassez de mão de obra que possivelmente está acontecendo na era pós-coronavírus” no país que está envelhecendo, acrescentou Sakata.