Shikake: cartões de comportamento ajudam a impedir ação de ladrões em lojas no Japão em apenas 6 meses

Se você nunca ouviu falar do método Shikake, vai se surpreender com os resultados conseguidos neste supermercado

Shikake: cartões de comportamento ajudam a impedir ação de ladrões em lojas no Japão em apenas 6 meses

A aplicação de um método desenvolvido no Japão chamado Shikake, cartões pequenos e simples se mostraram mais eficazes do que um sistema de vigilância de alta tecnologia para reduzir furtos em um supermercado.

Dois tipos de cartão, cada um com as mensagens “Ajuste de foco da câmera de segurança” e “Prevenção de furto em lojas: Experimento II”, foram colocados em toda a loja.

Desde que começou a usar os cartões Shikake, um estudo sobre “gatilhos” que levam as pessoas a mudar seu comportamento, a loja de Tokoname da rede de supermercados Beisia Food Center reduziu as perdas com os ladrões.

A ideia foi impulsionada por um policial que aprendeu sobre Shikake por meio de um programa de TV

Shikake

Toshiki Hanamura, o gerente da loja, há muito tempo luta contra ladrões.

Ele aumentou o número de câmeras de vigilância e intensificou o patrulhamento dos seguranças, mas “é difícil ficar de olho em cada canto da espaçosa loja”, disse ele.

Motohiro Nakagawa, chefe da divisão de segurança da comunidade na Delegacia de Polícia de Tokoname, se perguntou por que os ladrões de lojas estavam ignorando as câmeras de segurança.

Ele achava que as placas de “Câmeras de segurança em operação” afixadas em muitas lojas haviam se tornado familiares demais para os ladrões e não eram mais um impedimento.

Além disso, os policiais visitavam as lojas com menos frequência por causa da nova pandemia de coronavírus.

Por sugestão do inspetor de polícia, Hanamura em outubro do ano passado colocou mais de 1.000 cartões enigmáticos com “Prevenção de furtos: Experimento II” escritos em letras brancas em um fundo preto nas prateleiras das lojas e outras partes do local de vendas.

Cada cartão tem o tamanho aproximado de uma etiqueta de preço.

Os clientes não tinham ideia de qual “experimento” a loja estava realizando, mas podiam sentir que algum tipo de medida anti furto estava em vigor.

Os cartões maiores e brancos com a mensagem “Ajuste de foco da câmera de segurança” foram afixados no chão em frente aos caixas. Alguns clientes foram vistos olhando para o teto, tentando encontrar uma câmera.

“As mensagens têm como objetivo fazer os ladrões de lojas perceberem as câmeras de segurança e outras contramedidas e desencorajá-los”, disse Nakagawa.

Shikake
Os cartões da loja são menores

A tática provou ser eficaz, e o dano total de furtos em lojas durante os seis meses a partir de setembro de 2020 foi reduzido em 30,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Outros estabelecimentos do Beisia Food Center estão planejando usar os cartões com o método Shikake para impedir os ladrões, enquanto o Departamento de Polícia Metropolitana de Tóquio, a polícia da província de Osaka e outras autoridades estão fazendo investigações, disse Nakagawa.

Shikake
O livro pode ser encontrado na Amazon

“Espero que cada loja tenha seus próprios truques”, acrescentou.

Nakagawa havia contatado o professor Naohiro Matsumura da Universidade de Osaka, que promoveu o método Shikake e lido seu livro sobre o assunto.

Alguns exemplos conhecidos do uso do método Shikake incluem uma lata de lixo equipada com uma cesta de basquete para fazer com que as pessoas joguem fora seu lixo e um adesivo de alvo no mictório masculino para evitar respingos de urina e reduzir os custos de limpeza.

De acordo com Matsumura, o método Shikake faz uso da sensação de estar sendo observado, fazendo com que as pessoas evitem comportamentos constrangedores, mesmo que não estejam realmente sendo observadas.

“Não é academicamente novo, mas é interessante ver um exemplo do Shikake  aplicado na sociedade”, disse ele.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *