Sacolas plásticas passarão a ser cobradas em todo o país

A melhor solução é levar a sua própria sacola e dizer “fukuro wa iranai desu”

Sacolas plásticas passarão a ser cobradas em todo o país

A partir de 1 de julho de 2020, todos os comércios do Japão, incluindo supermercados, lojas de conveniência e também pequenos negócios, passarão a cobrar por sacolas plásticas por força de lei, como parte de medidas para diminuir o consumo excessivo de plástico e aumentar a consciência sobre o impacto ambiental que trazem.

Muitos estabelecimentos já passaram a cobrar há algum tempo e acostumaram seus clientes a este hábito, entretanto, alguns tipos de sacolas continuarão isentos de cobrança, caso tenham espessura de 50mm ou mais, desfaçam-se em água do mar ou então sejam feitas com materiais à base de plantas.

A medida mais simples para evitar a cobrança é levar sua própria sacola, facilmente compradas em lojas de 100 iênes, em diversos formatos e estilos. Para informar ao atendente que não deseja uma sacola, basta dizer: fukuro wa iranai desu (ふくろはいらないです).

Leia em Matcha (inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também