Parque temático chinês recria Quioto e é fechado por apropriação cultural

Parque temático chinês recria Quioto e é fechado por apropriação cultural
Desbravando o Japão

Em uma viagem para o Japão, Quioto precisa estar no roteiro. Sem dúvidas, é um lugar único, exceto se você visitar a cidade de Dalian, na província de Liaoning, no nordeste da China, onde eles construíram a sua “Pequeno Quioto”. Conhecido como Tang Little Kyoto, este é considerado o maior complexo comercial com tema do Japão na China. Inaugurado no dia 21 de agosto, imediatamente atraiu críticas de moradores locais, levando ao fechamento temporário das instalações.

A principal reclamação é de apropriação cultural. O projeto da Tang Little Kyoto foi realizado por um arquiteto japonês, usando materiais importados do Japão. Em sua defesa, o Dalian Shuyuan Group, dono do parque, diz que a própria cidade de Quioto, a antiga capital do Japão de 794 a 1868, foi influenciada pela arquitetura chinesa da Dinastia Tang.

Visite Quioto

A cidade de 京都 ou Kyoto, é uma cidade do Japão, capital da província de mesmo nome, localizada na região de Kansai, no centro-sul do país. Fundada no século I, por mais de um milênio foi a capital da Corte Imperial do Japão, de 794 a 1868, quando foi substituída por Tóquio. Com uma população estimada em 1,475 milhão de pessoas (2015), Quioto forma, juntamente com as cidades de Osaka e Kobe, uma região metropolitana conhecida como Keihanshin, que abriga mais de 18,6 milhões de pessoas (dados de 2010). Foi em tempos conhecida no Ocidente por Meaco (japonês: ; miyako), que significa, literalmente, “capital”. Quioto é ocasionalmente apelidada de “Velha Capital” e “Cidade dos Samurai”.

Quioto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também