O hospital de Kobe recebe uma doação anônima de 5 milhões de ienes, devolve e recebe de novo

Fazer uma doação para o hospital de Kobe não parece ser uma coisa fácil

O hospital de Kobe recebe uma doação anônima de 5 milhões de ienes, devolve e recebe de novo

O Kobe City Medical Center recebeu um pacote pelo correio, dentro havia dois outros envelopes, um com 3 milhões de ienes (29 mil dólares) e o segundo com 2 milhões de ienes (19 mil dólares) em dinheiro. Ambos estavam etiquetados como “hospital” e “câncer infantil” respectivamente, usando o que pareciam ser palavras recortadas de um jornal ou revista.

Dentro ainda havia um bilhete dizendo “fui encorajado [ a enviar dinheiro ] quando as infecções estouraram e os funcionários do hospital foram vilipendiados” (o mesmo que: desprezados, humilhados, injuriados, ofendido), referindo-se a um cluster ocorrido no hospital no início deste ano.

A nota também solicitava ao hospital que “fizesse bom uso do dinheiro” e estava assinada como “Esperança Anônima”. Mas a doação não foi totalmente anônima, já que o nome de uma mulher e o endereço do remetente também estavam escritos no envelope principal. Temendo que o caso pudesse se tratar de um engano, o hospital devolveu o pacote inteiro.

No dia 9 de outubro, o mesmo pacote chegou novamente, desta vez sem endereço do remetente, sugerindo que era realmente para eles. Após consultar seus advogados, o hospital finalmente decidiu aceitar a doação e usá-la para aumentar seu estoque de EPIs. É compreensível também, já que provavelmente foi a primeira vez do remetente fazendo algo assim, e o Kobe City Medical Center disse à mídia que foi definitivamente a primeira vez que eles receberam uma doação “anônima”.