Nikkei em alta após 14 meses

Nikkei em alta após 14 meses

A preocupação, no entanto, será se o NIKKEI 225 se manterá acima dos 24.000 pontos até o final do ano

O principal índice da Bolsa de Tokyo, NIKKEI 225, fechou a semana passada em seu nível mais alto em 14 meses, com perspectivas de um acordo comercial EUA-China de curto prazo um pouco mais tranquilo e com mais previsibilidade para o Brexit, com a vitória do Partido Conservador no Reino Unido.

O índice TOPIX, Tokyo Price Index, que é o mais amplo cobrindo as ações de 1a seção negociadas na Bolsa de Tokyo, também fechou em alta na semana passada; todos os setores subjacentes ao índice TOPIX, 17 no total, também fecharam em alta.

Segundo o site de notícias Japan Time, “as ações ganharam terreno ao longo do dia depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, na quinta-feira alimentou otimismo sobre um acordo comercial da “primeira fase” com a China. Aumentou as expectativas de que Washington renunciasse a uma nova rodada de tarifas sobre produtos chineses que deve entrar em vigor no fim de semana.”

A preocupação, no entanto, será se o NIKKEI 225 se manterá acima dos 24.000 pontos até o final do ano, pelo fato de agenda econômica ser fraca para as semanas finais de 2019, sem anúncios que possam animar os mercados, e dada a incerteza sobre quanto seriam as tarifas existentes nos EUA sobre as importações chinesas. reduzido em um sinal de chegar ao fim de sua prolongada guerra comercial.

Na terça-feira (17), o Índice NIKKEI 225 fechou em alta de 0,47%, em 24.066,12 pontos. Já o TOPIX teve alta de 0,59% no pregão desta terça, fechando em 1.747,20 pontos.

Nos últimos 10 anos, o índice NIKKEI 225 vem acompanhando uma fase de expansão da economia global, sobretudo impulsionada por programas de estímulos dos principais bancos centrais do planeta, e acompanhando também a elevação do lucro corporativo das grandes companhias japonesas.

No entanto, nestes últimos meses, o índice vem se descolando do lucro corporativo, seguindo tendência oposta, como observado no gráfico abaixo, o que requer atenção por parte dos investidores no mercado de ações.

Nikkei em alta após 14 meses 1
Nikkei


Ao investir no mercado de capitais, é necessário que o investidor tenha critérios na seleção de ações e que saiba também precificá-las adequadamente para evitar surpresas desagradáveis ao comprar participações em empresas listadas em bolsa.

Para isso, duas regras são fundamentais:

1- nunca compre qualquer ação, só as de boas empresas;

2- nunca compre ações de boas empresas a qualquer preço, compre somente com descontos.

O autor deste artigo, Marcelo Sávio Pimentel, possui a página no Facebook Investidor no Japão, visite e conheça seu trabalho!