Ministério do Japão omitiu casos de agressão sexual por soldados americanos em Okinawa

soldados

Anuncie

O Ministério das Relações Exteriores revelou que não informou a prefeitura de Okinawa nem o Ministério da Defesa sobre dois incidentes de agressão sexual cometidos por soldados americanos, ocorridos em dezembro do ano passado e maio deste ano.

Os crimes dos soldados

Segundo o Ministério, a decisão de não compartilhar os detalhes baseou-se na natureza das informações e no julgamento das autoridades investigativas.

O Ministério afirmou que houve comunicação adequada entre os governos do Japão e dos Estados Unidos, mas decidiu não informar o Ministério da Defesa, acreditando que os detalhes não deveriam ser amplamente divulgados.

soldados

O Ministério da Defesa respondeu que se abstém de comentar quando e como tomou conhecimento dos incidentes. Em ambos os casos, a prefeitura só foi informada após os incidentes serem noticiados pela mídia.

Assine e receba os posts em seu email

0 resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *