Linha costeira de Península no Japão, aumenta em mais de 200 metros após terremoto 

península

Os resultados da pesquisa indicam que, após o terremoto na Península de Noto no dia 1º de janeiro, a linha costeira por aproximadamente 90 km na parte norte da península se deslocou em direção ao oceano, aumentando em até 240 metros em alguns locais.

A nova península

O Professor Hidetomo Gotou, da Universidade de Hiroshima, liderou uma análise em colaboração com diversos pesquisadores da Sociedade Geográfica do Japão, utilizando fotografias de satélite e aéreas tiradas após o terremoto.

península

Observou-se que a linha costeira, desde a região noroeste de Kanamachi até a região nordeste de Suzu, deslocou-se em direção ao oceano. A mudança mais significativa ocorreu em Monzen-cho, na cidade de Wajima, e em Kuroshima-cho, onde o mar recuou até 240 m.

península

A principal causa desse fenômeno foi identificada como o deslocamento do solo causado pelo terremoto.

península

O Professor Gotou e sua equipe sugerem que a parte norte da península se elevou, enquanto a parte sudeste afundou, resultando em um padrão semelhante de mudança observado nas proximidades da península de Noto.

península

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *