Jovens japoneses contam suas experiências traumáticas ao serem criados por pais religiosos 

pais

Um ex-seguidor das Testemunhas de Jeová divulgou os resultados de uma pesquisa com cerca de 250 pessoas sobre o “castigo com vara” que os pais aplicam em seus filhos, afirmando que é um ato de abuso infantil.

Os pais usaram a religião como desculpa para a violência em casa?

Durante a apresentação do problema à imprensa, uma foto do ex-seguidor mostra uma tipo dessas varas, feita em casa com fio elétrico.

pais

Em contrapartida, a organização religiosa afirma que a disciplina deve ser baseada no amor pelas crianças e nunca deve ser cruel ou abusiva.

Eles sugerem que os pais usem outras formas de disciplina, como a retirada de privilégios ou a conversa franca com as crianças sobre seus comportamentos inadequados.

pais

No site da entidade é esclarecido que “A ‘vara do castigo’ não é um ato de crueldade extrema, mas sim uma orientação cheia de amor”.

No entanto, os resultados da pesquisa também mostraram que algumas pessoas responderam que “não teriam sido castigadas se seus pais não tivessem se convertido em Testemunhas de Jeová” ou “não teriam castigado seus filhos se não tivessem se convertido”.

pais

Além disso, algumas pessoas que foram punidas quando crianças, relataram que se sentem traumatizadas e que essas punições foram prejudiciais à sua saúde mental.

Um caso registrado no país onde um menino de 4 anos morreu devido ao castigo enfatiza a gravidade da situação.

pais

É importante destacar que o texto não tem a intenção de generalizar ou condenar a religião em questão, mas sim alertar para as consequências negativas do uso da violência como método de disciplina infantil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *