Japonês importa esqueleto de crocodilo e é preso, por declarar que era um brinquedo

O crocodilo foi apenas uma das importações que o japonês fez no último ano

Japonês importa esqueleto de crocodilo e é preso, por declarar que era um brinquedo
Desbravando o Japão

Receba os posts por email assim que foram publicados

Um japonês foi preso por contrabandear um espécime de esqueleto de um crocodilo americano cujas transações internacionais são restringidas, declarando que era um “brinquedo”. Yukihiro Shibagaki, de 57 anos, é o presidente de uma empresa de vendas desses espécimes na cidade de Nagoya, em Aichi. O espécime importado tem o comprimento de cerca de 3 metros e o comércio internacional é regulamentado por meio da Convenção de Washington, realizada no ano passado. 

O crocodilo não era um brinquedo

De acordo com o Departamento de Polícia Metropolitana de Tóquio, Shibagaki recebeu o pacote de um conhecido americano, que declarou a mercadoria como um “brinquedo de conjunto de peças de animais”. Shibagaki disse que vendeu espécimes contrabandeados pelo mesmo método e até agora, já faturou mais de 3 milhões de ienes. Shibagaki admite as acusações.

crocodilo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também