Havia máquinas de costura programáveis por Game Boy no Japão

Esquecido até mesmo pelos consumidores da época, a máquina não é um brinquedo. Mesmo passados mais de 22 anos, usuários dizem que ainda ainda costuram com o sistema da Nintendo. Veja o vídeo!

Havia máquinas de costura programáveis por Game Boy no Japão

A usuário do Twitter @icopico_DQX publicou em sua conta sobre a mudança de sua irmã mais velha e acabou trazendo para a rede social um sistema de videogame portátil retro quase esquecido. Sim, a máquina de costura possui um Game Boy Color situada em uma bandeja especial. A fabricante de máquinas de costura com sede em Osaka, Jaguar, não vendeu apenas um, mas dois modelos diferentes que foram controlados com o hardware portátil da Nintendo nos anos 90.

O modelo mostrado na foto da usuária @icopico_DQX é chamado de Nuotto e se conecta ao Game Boy por meio do Game Link Cable, o mesmo cabo usado para conectar dois Game Boys para jogar com um amigo. Mas, em vez de pular em tartarugas ou coletar peças, você manipula o D-pad e os botões para escolher padrões para pontos e bordados. Existe até um cartucho especial , aparentemente produzido em conjunto pela Jaguar e pelo desenvolvedor de software Natsume, que você colou no Game Boy contendo as várias opções de costura.

Além do Nuotto, a Jaguar também vendeu um modelo chamado Nuyell , que funcionava da mesma maneira, mas não tinha um local dedicado para colocar o Game Boy. Haviam outros cartuchos para uso, mas era apenas para uso com o hardware Game Boy Color and Advance.

Esses não eram jogos de entretenimento educativo, projetados para misturar jogos de videogame com aulas de costura e sim equipamentos de costura legítimos e construídos para durar, como evidenciado por um usuário do Twitter que respondeu ao tweet de @icopico_DQX dizendo que o usa há 22 anos sem problemas.