Experiência japonesa comprova que corvos também sentem medo 

corvo

Anuncie

Por diversas vezes, os corvos demonstram uma atitude destemida em relação às pessoas. A experiência foi conduzida pelo Professor Eiichi Izawa, da Universidade de Keio.

O medo dos corvos pode ser aproveitado no futuro

Em um macho foi colocado um eletrocardiograma sem fio. Em seguida colocaram a ave frente a outra para examinar as alterações na sua frequência cardíaca. Os corvos machos têm o hábito de mostrar sua força a outros e competir pela superioridade.

corvo

No vídeo é possível ver que a ave da direita abriu o bico e levantou a cabeça. Esta é uma das poses de “rendição”. Examinando o eletrocardiograma do confronto, a frequência cardíaca do corvo que ganhou não mudou.

corvo

Por outro lado, a frequência cardíaca do corvo que perdeu, diminuiu. Segundo o professor, esta reação é a mesma de quando entramos em contato com algo desagradável ou temos uma experiência assustadora.

corvo

Izawa completou dizendo que essa pode ser uma reação evolutiva adquirida pelo corpo para evitar alguns confrontos. Essa reação é vista em pessoas, em macacos e agora também em corvos. A experiência pode ser a base para o desenvolvimento de algum sistema para afastar as aves no futuro.

Assine e receba os posts em seu email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *