Entregador é preso por haver jogado 7 mil cartas de convocação para a vacina no Japão

O entregador violou a lei postal e prejudicou muitas pessoas que aguardavam a convocação para a vacinação

Entregador é preso por haver jogado 7 mil cartas de convocação para a vacina no Japão
Desbravando o Japão

Receba os posts por email assim que foram publicados

O entregador do correio, Yasuyuki Hara, de 20 anos de idade, foi preso sob suspeita de violar a lei postal. Suspeita-se que ele tenha descartado cerca de 7 mil correspondências, em uma área arborizada na cidade de Sakai, na província de Osaka.

O descarte irregular do entregador foi denunciado

O crime foi descoberto por um transeunte, que ficou desconfiado quando encontrou 13 sacos de lixo no matagal e denunciou à polícia. Dentro, foram encontradas as cartas de convocação para a vacinação. Quando Hara percebeu que alguém a encontrou o descarte, ele decidiu agir e recolher as correspondências, mas foi pego.

entregador

Em resposta à investigação, Hara admitiu a suspeita e disse: “Escondi tudo no meu carro porque não queria entregar e depois ficou difícil descartar, então joguei no mato”. Após a prisão do funcionário, a Japan Post Kinki Branch comentou: “Pedimos desculpas por prejudicar a confiança de nossos clientes. Continuaremos auxiliando nas investigações”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também