Dois policiais são presos sob suspeita de suborno por translado de corpos

Os policiais são suspeitos de receberem 2 milhões de ienes pelo serviços prestados a uma funerária

Dois policiais são presos sob suspeita de suborno por translado de corpos
Desbravando o Japão

Os policiais de 48 e 65 anos trabalhavam na Polícia Municipal de Kanagawa e foram presos por supostamente receberem dinheiro de uma empresa funerária, que é responsável pelo translado de corpos da província. O policial Sei Kato era responsável pela autópsia da Divisão Criminal da jurisdição da Delegacia de Yamato, entre março de 2019 e janeiro de 2020, local que recebe cerca de 400 corpos anualmente.

A acusação sobre os policiais

A Polícia da província de Kanagawa não possui veículo para translado, sendo a agência funerária responsável. Segundo investigação, há suspeita de que Kato tenha recebido cerca de 2 milhões de ienes em dinheiro no esquema. A investigação também apontou que Kato foi instruído por seu colega, Hirota Kawai, a direcionar os corpos à empresa funerária onde a esposa de Kawai trabalha.

policiais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também