Descarte seguro de armamento da Batalha de Okinawa é realizado no Japão

Okinawa descarta toneladas de bombas dessas batalhas anualmente

Descarte seguro de armamento da Batalha de Okinawa é realizado no Japão
Desbravando o Japão

Receba os posts por email assim que foram publicados

Das 600 bombas não detonadas encontradas no ano passado durante a construção do cais de Naha Shinko, na província de Okinawa, cerca de 300 bombas foram detonadas de forma segura na área do Porto de Naha. Acredita-se que o material bélico tenha pertencido à Batalha de Okinawa.

O descarte em Okinawa

Como é perigoso descartar todo o material de uma só vez, apenas metade foi detonada no porto e outras 315 bombas foram lançadas ao mar, completando a operação. Mesmo hoje, 77 anos após o fim da guerra, cerca de 20 toneladas de bombas não detonadas são processadas todos os anos na província.

Okinawa

Comentário do Masao

São quase 80 anos após o final da Segunda Guerra Mundial e ainda são encontradas bombas dessa época. É por isso que não devemos apoiar nenhuma guerra!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também