Construtora japonesa, que batia em funcionário estrangeiro, é punida administrativamente

A construtora recebeu a punição do Ministério da Justiça e do Departamento de Imigração do Japão

Construtora japonesa, que batia em funcionário estrangeiro, é punida administrativamente
Desbravando o Japão

Receba os posts por email assim que foram publicados

O Ministério da Justiça anunciou uma punição administrativa para uma empresa de construção, após denúncias de agressão a um estagiário técnico vietnamita da cidade de Okayama, por cerca de dois anos.

A Construtora

A Six Create recebeu uma punição  do Departamento de Imigração do Japão, juntamente com o Ministério da Justiça, revogando a aprovação do plano de formação de estagiários técnicos para a construtora, por graves violações de direitos humanos.

Construtora

A empresa não poderá aceitar novos estagiários técnicos nos próximos cinco anos. Em uma coletiva de imprensa, o Ministro da Justiça Furukawa disse que “Continuaremos a tomar medidas rigorosas contra violações de direitos humanos como deste caso, dando prioridade máxima à proteção dos estagiários e à adequação do sistema.” A empresa disse que espera fechar um acordo com o estagiário, por conta dos maus tratos que ele sofreu.

Um comentário

Makoto Shimizu

Um curto período em cadeia seria educativo. Importante que haja uma indenização financeira substancialmente significativa para a vítima. Justiça seria aplicar a mesma penalidade se ocorresse o oposto, se o estagiário estrangeiro agredisse o patrão, qual seria a pena?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também