Brincadeiras com alimentos em lojas e restaurantes do Japão devem começar a serem punidas 

Japão

Um vídeo feito no Hama-sushi tem chamado a atenção. Um jovem pega comida que passa pela esteira e come. A publicação ao vivo era descrita como “Comi porque parecia uma delícia”.

A “cultura da zueira” no Japão

As pessoas nas redes sociais condenavam a ação do jovem. O Gerente de relações públicas do Hama-sushi, diz que ações que prejudiquem a tranquilidade de seus clientes são totalmente inaceitáveis.

Japão

Vídeos com conteúdos assim, tem viralizado nas redes sociais japonesas. Segundo o advogado Takayuki Osawa, eles são puníveis. Existe a possibilidade de acusação de obstrução de negócios.

Japão

Ainda é possível incluir o ato de postar as ações nas redes sociais. A pena para isso é de prisão por até 3 anos ou multa de até 500 mil ienes.

Japão

Agora, ao violar a credibilidade do negócio, a sentença pode ser mais severa. No caso deste vídeo, ao furtar o pedido, a punição pode incluir um pedido de prisão de até 10 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *