As muitas maneiras de dizer ‘mulher’ em japonês

As muitas maneiras de dizer ‘mulher’ em japonês

No idioma japonês, existem várias palavras diferentes para se referir a uma mulher, mas, dependendo da palavra que você escolher, o significado pode ser diferente.

Conversando com alguns amigos japoneses, me referi a minha esposa como okusan, e um deles gentilmente me explicou que, quando se trata de minha própria esposa, devo utilizar tsuma, sendo okusan a palavra para designar a esposa de outra pessoa. Esse acontecimento, me levou a uma busca pelas diferentes maneiras de se referir às mulheres no idioma nipônico.

Onna (女)

Onna - As muitas maneiras de dizer 'mulher' em japonês
Onna – As muitas maneiras de dizer ‘mulher’ em japonês
Foto: Xtra, Inc. no Unsplash

Formado por três linhas simples, segundo os dicionários japoneses, o kanji para “mulher” evoluiu da postura feminina tradicional de ajoelhar-se com as mãos cruzadas, a última pose feminina ainda hoje praticada principalmente em ryokan (pousadas japonesas).

A palavra onna é um dos termos mais gerais e simplificados usados ​​para se dizer mulher em japonês e é comumente usado em documentos e formulários oficiais ao especificar o sexo de uma pessoa. Usado em conversação verbal; no entanto, a palavra pode ter uma conotação ofensiva, comumente usada para menosprezar alguém ou implicar estupidez, sexualidade ou mau humor, como em baka onna (mulher estúpida), hidoi onna (mulher cruel) ou ii onna (garota) , comumente usado com uma conotação sexual. Curiosamente, ao elogiar uma mulher, é mais comum usar hito (pessoa) ou josei (mulher), como em kirei na hito ou kirei na josei (mulher bonita).

Kanojo (彼女)

Kanojo - As muitas maneiras de dizer 'mulher' em japonês
Kanojo – As muitas maneiras de dizer ‘mulher’ em japonês
Foto: zhang kaiyv no Unsplash

Termo usado para se referir à terceira pessoa do sexo feminino (ela), mas também pode assumir o significado de namorada dependendo do contexto em que é empregado. Não é exatamente uma forma de dizer mulher em japonês, mas entra no âmbito geral da questão.

Fujin (婦人)

Fujin - As muitas maneiras de dizer 'mulher' em japonês
Fujin – As muitas maneiras de dizer ‘mulher’ em japonês
Foto: Bert Verhoeff / Anefo [CC0]

Se você mora no Japão há algum tempo, provavelmente já percebeu que a mídia aborda certas celebridades e mulheres elegantes como fujin. Dewi Fujin (Sukarno), a prima donna amada e odiada da alta sociedade japonesa e uma personalidade de TV comum, é um excelente exemplo. Ela usa o título porque era casada com o primeiro presidente da Indonésia, Sukarno, e é capaz de proporcionar um estilo de vida que a maioria das mulheres trabalhadoras não pode.

Fujin é um termo usado para dizer mulher em japonês quando se refere à mulheres de alto status, que geralmente são casadas com políticos ou importantes figuras públicas. Pode ser traduzido como “madame” em português ou “lady” em inglês e é um termo associado a alta estima e riqueza financeira. Também é usado em lojas de departamento para moda ou artigos femininos. Diz-se que sua origem deriva da combinação do kanji para “mulher” e “vassoura”, mas isso não é comprovado.

Josei (女性)

Josei - As muitas maneiras de dizer 'mulher' em japonês
Josei – As muitas maneiras de dizer ‘mulher’ em japonês
Foto: Johnny Wang no Unsplash

Composto por dois kanji, “mulher” e “sexo”, este é o termo mais geral usado para dizer mulher em japonês e é equivalente a “feminino” em português. É também o mais seguro e politicamente correto de todos. Tornou-se o termo oficial usado em documentos políticos, substituindo fujin no início dos anos 90, depois que as organizações de mulheres apontaram – com bastante razão – que este último implica que todas as mulheres são maduras e casadas.

Ojosan / Ojosama (お嬢さん / お嬢様)

A tradução direta desse termo é “filha de alguém”, embora, se usada em adultos, possa implicar que alguém seja mimado, imaturo e dependente de outras pessoas. Geralmente é usado para descrever mulheres jovens relativamente ricas que vivem uma vida despreocupada e têm pouco com o que se preocupar. Em outras palavras, se as irmãs Kardashian nascessem aqui, temos certeza de que elas seriam chamadas de “Os K-ojosamas”.

Musume / Musumesama (娘 / 娘様)

Essa é a palavra que você deve escolher para se referir à sua filha ou à filha de outra pessoa com quem está falando de forma polida e respeitosa.

Onēsan (お姉さん)

Originalmente este termo significa irmã mais velha, mas também é utilizado como um equivalente ao termo ‘tia’ em português, mas não para se referir às irmãs de seus pais e sim mulheres, geralmente mais velhas que você, com quem você tem pouca ou nenhuma intimidade e/ou não sabe ou não lembra o nome. Diferente do português no entanto, não é usada apenas por crianças, mas por jovens adultos e adultos também.

Okusan (さん)

Okusan - As muitas maneiras de dizer 'mulher' em japonês
Okusan – As muitas maneiras de dizer ‘mulher’ em japonês
Foto: Roméo A. no Unsplash

Literalmente significa “Sra. Interior “, okusan (ou o okusama mais educado) é a maneira mais comum de se referir à esposa de alguém. Mas, como vimos anteriormente na história de um amigo, é comum (e geralmente ignorante) usado em mulheres que acabam de ter idade civil e status social. O kanji para okusama significa “não apenas interior, mas as profundezas de um edifício”, como Kittredge Cherry aponta em seu livro Womansword: What Japanese Words Say About Women. Ilustrando a posição inferior, ainda que crucial, de observar tudo o que as mulheres casadas tinham na família ao longo da maior parte da história do Japão. O termo é comumente usado por homens japoneses quando falam sobre suas próprias esposas ainda hoje, embora esteja sendo substituído gradualmente pelo termo tsuma, mais neutro.

Tsuma (妻)

Quando se trata de esposa, este é um termo mais amplo e muitas vezes é usado de maneira impessoal, como você pode ver em uma biografia, mas também é bastante usado por uma pessoa para se referir à própria esposa.

Kanai (家内)

Este é um termo mais datado / formal e é usado para se referir à própria esposa para outras pessoas. Também traz o tom de que o marido é o ganha-pão e a esposa é a dona de casa (内 = “dentro de casa”), por isso não é mais muito comum.

Okaasan (お母さん)

Okaasan - As muitas maneiras de dizer 'mulher' em japonês
Okaasan – As muitas maneiras de dizer ‘mulher’ em japonês
Foto: Tanaphong Toochinda no Unsplash

Uma das palavras mais confusas da língua japonesa para estrangeiros é, por todos os meios, a palavra okaasan (mãe). Todo mundo parece ser um okaasan aqui, seja a sua própria mãe, a mãe do seu amigo, sua esposa ou a mãe dos colegas de classe dos seus filhos. Com suas origens em uma mulher com seios, o kanji para okaasan é usado (obviamente) para mulheres que têm filhos, mas também pode ser usado para abordar uma mulher adulta que provavelmente é casada e tem uma família. É comum que os maridos chamem as esposas de okaasan ou mama em vez de usar o nome. Lembrando que ao se referir à membros da própria família o uso do ‘o’ no início é opcional, ou seja, você pode chamar a sua mãe de kaasan (母さん).

Mama (ママ)

Mama é um termo carinhoso usado por crianças para se referir à própria mãe e às mães de seus amigos. Também é comumente usada por maridos que já têm filhos para abordar a própria esposa e além disso para se referir à mulheres que são donas de bares ou lanchonetes de karaokê (“Mama-san”).

Bem, depois dessa aula, nunca mais você poderá dizer que não sabe como se referir às mulheres em japonês não é mesmo?

Takara Stefens é Gaúcho de nascimento, alma e coração, cidadão do mundo por opção. É pai, professor, escritor, vegano desde 2020 e amante da vida e de tudo que é belo.

Veja o perfil completo de Takara Stefens