Apenas 1700 turistas estiveram no Japão em maio, em meio a uma pandemia

O Japão recebeu cerca de 1.700 viajantes estrangeiros em maio, uma baixa histórica pelo segundo mês consecutivo, em meio à pandemia de coronavírus

Apenas 1700 turistas estiveram no Japão em maio, em meio a uma pandemia
Desbravando o Japão

Parte da série Coronavírus, em 356 posts

O número, abaixo de 99,9% em relação ao ano anterior e comparado com 2900 em abril, é o mais baixo desde 1964, quando o governo começou a compilar essas estatísticas, segundo a Agência de Turismo do Japão. É o oitavo declínio mensal consecutivo, já que as restrições de viagens foram impostas globalmente em meio à disseminação do vírus, segundo os dados preliminares.

Com os casos de infecções por coronavírus chegando a 8 milhões em todo o mundo, de acordo com a Universidade Johns Hopkins, deve demorar algum tempo até que os viajantes possam retornar. Enquanto o governo do primeiro-ministro Shinzo Abe está considerando diminuir parcialmente as restrições de entrada, agora está focado em estimular o turismo doméstico por residentes japoneses por meio de subsídios.

“Vamos promover o turismo doméstico, fornecendo um ambiente de viagem seguro e com o objetivo de revitalizar as economias locais”, disse Hiroshi Tabata, chefe da Agência de Turismo do Japão, em entrevista coletiva.

Em maio, foram apenas 30 visitantes vindos da China (no mesmo período do ano passado foram cerca de 756.365), 20 da Coréia do Sul (contra 603.394), 50 viajantes dos Estados Unidos (156.962), 30 da Índia e 20 turistas vindos da França. Atualmente, o Japão impõe uma proibição de entrada em 111 países e regiões. O governo está considerando diminuir as restrições em países onde o vírus está sob controle, como o Vietnã.

Leia em Kyodo News (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também